• Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle


MARÉ
VERSÃO VIRTUAL E ACESSÍVEL



 "(...) Maré, protoespetáculo do Coletivo Cida que investiga, de modo paradoxal, os limites da impermanência e da aderência como motes de elaboração poética em dança...

 

...Maré é uma daquelas criações que parecem resistir com ferocidade à lógica da repetição e da montagem. Cada apresentação é um acontecimento radicalmente único. Como a água que transaciona entre diferentes estados, a obra do Coletivo Cida engata inúmeras intensidades e formas e, nesse sentido, é o espelho da condição precária de produção em dança no Nordeste. (...)"

(Fragmento extraído da crítica produzida por Ronildo Nóbrega para o EM PAUSA)
CLIQUE AQUI e acesse a crítica na íntegra. 

 

 

Com um elenco não-hegemônico, formado por artistas com e sem deficiências, o Coletivo CIDA lançou sua nova produção, o espetáculo audiovisual MARÉ - VERSÃO VIRTUAL E ACESSÍVEL em uma pré estreia exclusiva no dia 24 de Junho, na programação do Palco Virtual do Itaú Cultural.  

 

Criado em 2017 pelo CIDA, Maré foi remontado em 2021 como uma obra audiovisual, o espetáculo é uma metáfora dançada sobre os vários níveis, sobre as intensidades e profundidades do amor.  Com coreografia e direção de René Loui e Rozeane Oliveira, e com produção audiovisual assinado pela Ilha Deserta Filmes, a obra discute, pela perspectiva cinematográfica da dança, os diferentes modos de se relacionar, problematizando gênero, raça, alteridade, capacitismo, e, ainda, violência contra a mulher. Para cada nova versão de Maré, um novo elenco é convidado à se unir aos coreógrafos, para que juntos possam dar corpo à esta Maré. Álvaro Dantas, Jania Santos e Marconi Araujo se unem ao Coletivo CIDA nessa versão virtual e acessível. Maré conta com audiodescrição e LIBRAS.

 

A estreia oficial acontece no dia 04 de agosto na programação do FESTIVAL ACESSIBILIDANÇA - FUNARTE / Fundação Nacional de Artes.

Ficha Técnica:
Coreografia e direção: René Loui e Rozeane Oliveira
Artistas convidados: Álvaro Dantas, Jania Santos e Marconi Araujo
Coordenação Geral e Produção Executiva: René Loui e Arthur Moura 
Produção convidada: Arlindo Bezerra / BOBOX Produções
Direção de vídeo e captação: Gustavo Guedes e João Augusto / Ilha Deserta Filmes
Imagens Aéreas: Paulo Barroca / Barroca Box
Trilha original e sonorização: Paulo de Oliveira / Studio Promidia
Fragmento musical utilizado: Emune - She Didn't Even Say Bye - Interstreet Recordings - Audiam (Publishing)
Roteiro, tradução e interpretação para Libras: Brígida Paiva
Roteiro audiodescrição: Thiago Cerejeira e Mayara Barreto
Audiodescritor consultor: Thiago Cerejeira
Locução audiodescrição: Gessyka Santos
Mixagem audiodescrição: René Loui e Gonzaga Neto
Web designer e identidade Visual: René Loui
Imagens de divulgação: Brunno Martins
Designer de iluminação: Priscila Araújo
Operadora de iluminação: Leila Bezerra
Assessoria de imprensa: Cecília Oliveira / Comunica Ceci
Figurino: René Loui e Rozeane Oliveira
Elaboração de projeto: René Loui e Arthur Moura
Parceiros: Casa Tomada, Ilha Deserta, Barroca Box, Comunica Ceci
Apoio: Lei Aldir Blanc - Prefeitura do Natal
Patrocínio: Prêmio FUNARTE – Acessibilidança Virtual, Fundação Nacional de Artes – Funarte, Secretaria Especial de Cultura
Ministério do Turismo, Governo Federal

Realização: Coletivo Independente Dependente de Artistas