ISTO NÃO É UM ESPETÁCULO

Tendo como propulsão criativa as dimensões do residir e do criar em tempos de distanciamento social, ISTO NÃO É UM ESPETÁCULO se estabelece enquanto uma obra audiovisual de dança criada pelas urgências de uma residência artística continuada, que converge as realidades, intimidades e identidades de quatro artistas independentes. Alleff Emanuell, Arthur Moura, René Loui e Omim Rodrigues são juntos as quatro paredes desta CASA TOMADA PELOS ESPASMOS DA QUARENTENA.

 

Este não-espetáculo exibe a partir de uma construção coletiva horizontalizada as plurais experiências dos percursos desses artistas. Ele também evidencia um processo cênico híbrido, não hegemônico, que tende a um trânsito retroalimentativo por entre cores, formas, texturas e sensorialidades. A Casa Tomada, ponto de convergência, lar e ambiente de trabalho, convoca a coexistência dessas pessoas não somente em aspectos de união, mas, também evidencia as relações de contraste, adoecimentos, desencontros e perspectivas de vida que bruscamente se transformaram em relação ao Coronavírus (COVID-19). 

 

A criação conta com audiodescrição poética em tempo real produzida pelos próprios intérpretes, além de iluminação e cenografia assinada por Rogério Ferraz, direção, audiovisual de Tiago Lima e trilha sonora do artista polonês Michal Wolski. ISTO NÃO É UM ESPETÁCULO faz parte do projeto SÓ ESSA CASA ESTÁ EM QUARENTENA e conta paralelamente com recursos da Lei Aldir Blanc Natal e Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, através da Fundação Capitania das Artes, Prefeitura do Natal, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

FICHA TÉCNICA
Intérpretes Criadores: Alleff Emanuell, Arthur Moura, René Loui, Omim Rodrigues
Iluminação, Cenografia e Captação de Áudio: Rogério Ferraz
Técnico de Iluminação: Juca Santos
Direção de fotografia, Captação e Edição de Vídeo: Tiago Lima
Trilha Sonora: Boiler Room - Michal Wolski 
Parceiros: Grupo Estação De Teatro, Casa Tomada
Apoio: Lei Aldir Blanc - Natal, Prefeitura Do Natal
Realização: Lei Aldir Blanc - Rio Grande Do Norte, Fundação José Augusto
Ministério Do Turismo, Secretaria Especial Da Cultura, Governo Federal Do Brasil 

A CASA TOMADA

Criada no ano de 2016 por René Loui e Arthur Moura, na Zona Sul da cidade de Natal /RN, inicialmente como sede do CIDA - Coletivo Independente, Dependente De Artistas, a Casa Tomada se concretiza como espaço alternativo de artes cênicas, com o foco ajustado na produção de artistas independentes da dança. Desde sua criação o espaço já recebeu artistas das mais diversas regiões, nacionalidades e linguagens de trabalho.

A Casa, além de abrigar todas as ações do Coletivo CIDA, funciona como espaço de residência e resistência de artistas independentes moradores da capital potiguar. Além dos criadores, outros três artistas também residem na Casa Tomada. Ao longo de sua existência a CASA já foi contemplada com diversas premiações, onde destacam- se: Cena Processo 2018 (Natal/RN), Apoio Financeiro Espetáculos para Circulação 2019 (Natal/RN); Apoio Financeiro Para Formação e Pesquisa 2019 (Natal/RN); Tô em Casa Tô na Rede Apoio Emergencial Governo do Estado do Rio Grande do Norte (Natal/RN); ITAÚ CULTURAL - Arte como Respiro - Artes Cênicas (São Paulo/SP); SEBRAE / RN – Edital de Economia Criativa (Natal/RN). Nossa mais recente premiação se deu através da LEI ALDIR BLANC PARA ESPAÇOS CULTURAIS.

desde sua criação a CASA TEM SIDO PALCO
PARA DIVERSAS INICIATIVAS INDEPENDENTES

Quatro artistas seminus na penumbra. Cada um deles tem uma diferente postura.

• Residência Artística CASA TOMADA - COLECTIVO CANNINO (México) 2015

• Mostra Casa Tomada- 2016, 2017 e 2018
• Café com Dança - 2017
• Residência Artística Internacional Nu Escuro - 2018
• Temporada do Espetáculo Estado Transitório – Coletivo CIDA - 2018
• Temporada do Espetáculo Maré – Coletivo CIDA – 2018
• Temporada Faz Tempo Que Não Te Vejo - Pablo Vieira e Cléo Morais

• Movimento na Casa Tomada - 2019
• Temporada do Espetáculo Maré – Versão Compartilhada - 2019
• Oficina de Práticas Performativas na Dança - 2019
• Festa Improvisada - 2019
• Minissérie Plano de Abandono - 2020
• Maré Arte Como Respiro -2020
• Oficina de Práticas Performativas na Dança - 2021
• Festival Casa Tomada - 2021