lapso

Esta peça coreográfica foi desenvolvida a partir de uma residência artística entre René Loui e Olivia Ortega, entre janeiro e março de 2018, na cidade de Genebra / Suíça. O show é o resultado da parceria entre O Coletivo CIDA e a Companhia suíça Autotrophe.
 

Dois corpos são movidos pelas complexidades bagunçadas de seu labirinto interno. A verticalidade de sua estrutura orgânica é hesitante. Através da sua pele, são transmitidas informações que perturbam e invadem sua privacidade. Abalados por ecos de percussão e rachaduras de silêncio, esses vasos orgânicos giram e flutuam em um espaço vibratório instável.

This choreographic pie developed from an artistic residency between René Loui and Olivia Ortega, between March and March 2018, in the city of Geneva / Switzerland. The show is the result of the association between CIDA Collective and the Autotrophe suiza company.
 

The bodies are moved by the disorderly complexities of their inner labyrinth. The verticality of its organic structure is unsteady. Through its piel, information is transmitted that disturbs and invades its privacy. Shaken by echoes of percussion and cracks of silence, these organic containers are retained and floated in an unstable vibrating space.

laps



 

Intérpretes Criadores: René Loui e Olivia Ortega
Designer de Iluminação: Yan Marrussich

Direção: Olivia Ortega
Trilha Sonora: Daniel Zea
Registro Fotográfico: CAOS / Diogo Ricardo

Registro de Vídeo: Zaq Guimarães

Concepção: Autotrophic Cie / Coletivo CIDA
Apoio: Labri - Espaço Cultural para Jovens Talentos