top of page

Ações Formativas e Afirmativas

BRUNNO_MARTINS_5V3A5197.jpg

Residências Artísticas e Workshops

As Ações Formativas e Afirmativas do Coletivo CIDA são pilares essenciais para a promoção da inclusão e diversidade por meio da arte. As Práticas Performativas da Dança são uma metodologia que utiliza a linguagem da dança contemporânea para desafiar estereótipos e sensibilizar para questões sociais, integrando artistas de diferentes origens étnicas, com e sem deficiências. A Composição em Tempo Real, quando adotada como ação formativa, estimula a criatividade, a expressão individual e a colaboração entre os artistas, promovendo uma compreensão mais ampla da dança como arte colaborativa. A Dança-Tragédia, por sua vez, propõe uma discussão sobre estigmatização, desumanização e invisibilidade de grupos sociais marginalizados, como pessoas pretas, LGBTQIAPN+, pessoas com transtornos mentais, mulheres, povos originários e pessoas que vivem e/ou convivem com HIV ou AIDS, por meio de peças coreográficas que abordam essas temáticas de forma sutil e avassaladora.

Methodology in Dance-Tragedy

Práticas Performativas na Dança

Real-Time Composition

A Dança-Tragédia não se limita apenas a uma trilogia artística, mas também se manifesta como uma metodologia autoral, uma linguagem de criação e uma ação afirmativa e formativa. Como metodologia, ela oferece um caminho para a criação artística que parte de uma investigação profunda sobre questões sociais e humanas, buscando provocar reflexões e transformações. Como linguagem de criação, a Dança-Tragédia se caracteriza por uma abordagem estética e conceitual que combina elementos da dança contemporânea com narrativas trágicas, criando um estilo único e impactante. Por fim, como ação formativa, a Dança-Tragédia oferece um espaço para a troca de conhecimento e experiências, estimulando a criatividade, a sensibilidade e a consciência crítica dos participantes. Ao integrar esses três aspectos, a Dança-Tragédia se torna não apenas uma forma de arte, mas também uma ferramenta poderosa para a educação e a transformação social.

As Práticas Performativas da Dança, desenvolvidas pelo Coletivo CIDA com a orientação de René Loui, combinam a linguagem da dança contemporânea com as artes performativas, promovendo a inclusão e diversidade. A metodologia, aplicada em residências artísticas, estimula a criatividade e reflexão por meio de exercícios de improvisação e experiências coletivas. A residência "Práticas Performativas na Dança" oferece uma imersão para artistas e interessados, incentivando a experimentação e a expressão individual em um ambiente colaborativo. Ao final, os participantes apresentam seus trabalhos em um evento aberto ao público, celebrando a arte e a diversidade.

A Composição em Tempo Real, quando utilizada como ação formativa pelo Coletivo CIDA, é uma ferramenta poderosa de desenvolvimento artístico e pessoal. Além de ensinar técnicas de dança, estimula a criatividade, a expressão individual e a colaboração entre os participantes. Os bailarinos exploram novas formas de movimento e interação, desenvolvendo consciência corporal e emocional. A metodologia também incentiva a experimentação de diferentes papéis no processo criativo, promovendo uma compreensão mais ampla da dança como uma arte colaborativa. Ao final, os participantes não só adquirem novas habilidades técnicas, mas também desenvolvem maior capacidade de expressão e colaboração artística. Essas experiências são valiosas não só para suas carreiras, mas também para suas vidas pessoais.

bottom of page